• Rodolpho Hoth Hoth

Matéria sobre blogs pagos pelo GDF gera reações insanas

Após divulgação dos ganhos de blogueiros de Brasília, pagos pelo GDF para divulgar "atos do governo", o dono de um dos blogs que recebe dinheiro para fazer propaganda de governo disfarçada de notícia, passou a publicar vídeo montagem de conteúdo difamatório, vulgar, desleal, covarde e anticristão (apesar de ser membro obreiro da Igreja Universal do Reino de Deus na Cidade Estrutural).

O vídeo é a demostração cabal do recurso utilizado por pessoas sem escrúpulos e levianas.


O blogueiro, irmão de servidor comissionado do GDF e seu padrinho político, se julga perseguido por este site (fatosverdades.com), por mostrar os milhões de reais gastos pelo GDF com mídias alternativas; por isso o blogueiro se diz perseguido; sim, pela simples divulgação de informações públicas oficiais, publicadas no Diário Oficial do Distrito Federal, como parte da política de transparência da administração pública e a Lei de Acesso à Informação.


Aliado de Ibaneis Rocha, o ex-administrador da estrutural e blogueiro passou a compartilhar vídeo com sérias acusações ao autor da polêmica matéria, postando montagem com conteúdo tão vulgar que se torna irreplicável, numa clara tentativa de desqualificação pessoal de seu oponente político, um patente atentado à dignidade e ao decoro, atingindo família, mãe, filho, esposa, colocando-os em situação vexatória de degradação pública e ignomínia.


O "blogueiro" difama o adversário político atribuindo-lhe atos e condutas os quais jamais poderá comprovar na justiça, pois é impossível se provar a mentira, podendo, inclusive ser preso pelo cometimento desse ato criminoso.

É patente o cometimento de crime de denunciação caluniosa com finalidade eleitoral.
A Lei 13.834 prevê prisão de 2 a 8 anos, além de multa, para quem acusar falsamente um candidato a cargo político com o objetivo de afetar a sua candidatura e a pena aumenta se o caluniador agir no anonimato ou com nome falso.

A parte boa da história é que adversários políticos que jamais se sujeitariam a disputa tão baixa e não querem ser confudidos com esse tipo de concorrência, enviaram conteúdo comprobatório da autoria do vídeo e seus principais divulgadores, tal conteúdo será mantido em sigilo, mas o fato é que o grupo de meia dúzia composto para essa finalidade de fazer o jogo sujo está bem identificado, bem como seus fortes padrinhos políticos, incluindo até Secretário de Estado.


Você teria coragem de votar em quem quer ganhar a qualquer preço, mesmo que para isso tenha que assassinar condutas com mentiras e baixarias? Pois são essas pessoas, desse naipe, que se propõem a atacar esse que vos escreve.


"Não é à toa que estamos em polos opostos."

Se você também é contra esse tipo de estratégia use a ferramenta do Whatsapp que denuncia conteúdos impróprios ou criminosos, ou, ainda, print e nos envie.


por Rodolpho Hoth dos Reis

Jornalista registrado MTE n.º 12674/DF

www.fatosverdades.com


1.217 visualizações0 comentário