• Rodolpho Hoth Hoth

Diga-me com quem andas...

Novo reforço para o GDF contraria a promessa do "Tempo de Renovação".

O Slogan é bonito, promissor, mas as ações efetivamente tomadas mostram o contrário.


A mais nova "aquisição" como Secretário Executivo da Secretaria de Atendimento à Comunidade, chefiada por Severino Cajazeiras, é Artur da Cunha Nogueira, condenado por peculato e corrupção passiva na época em que foi administrador regional no governo de José Roberto Arruda (PR).


Artur da Cunha Nogueira também teve suas contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (Relatório de Auditoria nº 09/2011- DIRAG/CONT) na época em que foi administrador de Planaltina.


DECISÃO do Ministério Público de Contas determinou a INABILITAÇÃO de Artur Nogueira para o exercício de cargo ou função comissionada.


Dentre várias constatações do Corpo Técnico do TCDF, os valores pagos durante sua administração a uma banda musical foram sobremaneira majorados sem justificativa plausível e em um curto espaço de tempo, sem justificativas dos preços, contrariando o Parecer nº 393/2008 – PROCAD/PGDF e Lei 8.666/93.


Veja trecho da decisão que julga as contras como IRREGULARES, determina pagamento de multa, a INABILITAÇÃO PARA EXERCÍCIO DE CARGO OU FUNÇÃO COMISSIONADA e apuração de valores de DANOS AO ERÁRIO para ressarcimento.


Confira na íntegra o Parecer 0649/2017 MF - Ministério Público de Contas do Distrito Federal no arquivo abaixo:

0649mf_proc_17762_2011.doc
.pdf
Download PDF • 249KB

Artur Nogueira é tio de Cristiano Araújo, que por sua vez (embora tenha absolvição recente em caso de suspeita de fraude em licitações na Operação Firewall II), foi condenado por NEPOTISMO juntamente com Ana Lúcia Pereira, tia de Cristiano e esposa de Artur Nogueira, sendo absolvido posteriormente pelo que foi chamado de "lacuna jurídica", vez que embora seja sua tia, esposa de seu tio (de sangue), não há "parentesco sanguíneo", mas o fato irrefutável é que Cristiano Araújo, no lugar de nomear o próprio tio, contratou a esposa dele, sua tia, com salário de R$14,1 mil reais.

A Decisão ainda cabe recurso à tribunais superiores. Agora, na sua opinião, é ou não é parente? O que acha dessa decisão?

Segue a opinião do Ministro do STF, aposentado, Marco Aurélio:


"Se é esposa do tio, é tia tambem, é tia por afinidade. É uma parente, de qualquer forma. O verbete é linear, ele pega todas as situações em que há esse vinculo de afinidade maior", afirma Marco Aurélio Melo, ministro do STF

Cristiano Araújo também teve os bens penhorados por dívida de pensão alimentícia devida ao filho que possui com Mariana Lovis, sua ex-mulher.

Ao que parece, além da recorrente nomeação de fichas sujas para cargos do alto escalão no Governo do Distrito Federal (Hélvia Paranaguá, Najara Nepomuceno, Francisco Araújo, entre outros), também é frequente, e não por coincidência, a nomeação de figuras repetidas do antigo Governo José Roberto Arruda.

Enquanto isso a população do Distrito Federal aguarda que o Slogan "Tempo de Renovação" se torne uma realidade em Brasília.


Por Rodolpho Hoth dos Reis - Hoth Hoth

Jornalista n.reg.12674/DF

www.fatosverdades.com


504 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo