• Rodolpho Hoth Hoth

Bombas dispersam manifestação de hoje em frente ao STF

Na tarde desta quarta-feira, dois grupos distintos de manifestantes se agruparam em frente ao Supremo Tribunal Federal, um grupo em favor da liberdade do ex-presidente Lula e outro grupo formado por aqueles que defendem a instalação da CPI da Lava-Toga.

A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal reforçou o policiamento hoje na Praça dos Três Poderes, em razão dessas manifestações.

Ainda que em princípio antagônicos, os grupos se manifestavam cada um ao seu modo, ambos com gritos de guerra ecoando nas caixas de som.

Todos de fora dos alambrados, vigiados por um forte esquema de segurança com presença massiva de Policiais Militares, parecia tudo sob controle. A situação se descontrolou quando um manifestante saltou sob o alambrado erguendo a bandeira do Brasil e correndo, sendo perseguido por um segurança do STF.

Nesse momento a polícia se aproxima, o rapaz salta de volta para "seu lugar", fora do alambrado, mas a partir daí tomates foram arremessados e a confusão se instalou; a polícia progrediu na contenção dos manifestantes com o uso de bomba de gás lacrimogêneo.

ASSISTA AOS VÍDEOS:


Desde fevereiro deste ano, senadores buscam a instalação da CPI para investigar a atuação dos tribunais superiores, com o fim de responsabilizar ministro suspeitos de crimes e irregularidades.

Nesta tarde o STF analisa habeas corpus apresentado pela defesa de um ex-gerente da Petrobrás que discute o direito de um réu se manifestar na ação penal após as alegações dos delatores acusados no processo.

O resultado desse julgamento pelo plenário da Corte pode levar à anulação de mais de 30 condenações da Lava Jato incluindo a do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


Rodolpho Hoth Hoth

Jornalista Reg.n.12674/DF

www.fatosverdades.com

127 visualizações

©2018 Rodolpho Hoth Hoth

LIGUE

(61) 98244-5800
 

© 2016 por Rodolfo Hoth. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram