• Rodolpho Hoth Hoth

Alunos da Rede Pública do DF terão teleaulas pela TV Justiça

Iniciativa é fruto de parceria com a Secretaria de Educação do Distrito Federal



Uma parceria inédita entre a TV Justiça e a Secretaria de Educação do DistritoFederal vai garantir o direito à aprendizagem aos alunos da rede pública do DF, que passarão a ter acesso a aulas sem sair de casa.

A partir de segunda-feira (6), a TV Justiça passa a transmitir em sua programação teleaulas produzidas pela Secretaria de Educação.

A iniciativa decorre de parceria entre TV Justiça e a Secretaria de Educação do DF e vai vigorar enquanto os estudantes estiverem impedidos de frequentar as escolas em decorrência da pandemia de Covid-19.

A medida deve beneficiar diretamente cerca de 460 mil alunos da rede oficial de ensino do DF, que estão em isolamento social como medida sanitária para conter o avanço do novo coronavírus. O conteúdo pode ser aproveitado por outras redes estaduais de educação.

Ontem (1º), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, editou novo decreto estendendo a suspensão das aulas em escolas públicas e particulares até 31 de maio.

Para viabilizar a produção e transmissão desse conteúdo, a TV Justiça disponibilizou para a Secretaria de Educação a estrutura necessária para a gravação de conteúdo, bem como a transmissão das aulas pela TV, pelo YouTube e também pelo Twitter da emissora.

O secretário de Comunicação do Supremo Tribunal Federal (STF), Márcio Aith, ressalta a importância da função social exercida pela mídia pública no enfrentamento dessa calamidade. "Sendo uma emissora pública, a TV Justiça não poderia ficar inerte diante do momento excepcional que afeta toda a sociedade e exige o confinamento de nossas crianças e jovens adolescentes."

Aith acrescentou que a parceria foi incentivada pelo presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, para garantir a continuidade do direito à aprendizagem de milhares de estudantes da rede pública.

As teleaulas transmitidas pela TV Justiça fazem parte do programa Escola em Casa DF, desenvolvido pela Secretaria de Educação local, que pretende adotar o uso de outras plataformas digitais para levar ensino ao maior número de estudantes e amenizar os prejuízos causados no currículo escolar decorrentes do fechamento das escolas. Haverá conteúdo para a educação precoce, para os Centros de Educação Especial, educação infantil, anos iniciais e finais do ensino fundamental, ensino médio, ensino médio em tempo integral (EMTI) e ainda educação física em movimento.

O secretário de Educação, João Pedro Ferraz, afirma que é importante manter o vínculo dos estudantes com a escola. "Queremos manter esse vínculo, ainda que não seja possível, neste momento, afirmar se essas ações contarão ou não como dias letivos”. Ele acrescentou que os próximos passos serão definidos a partir da evolução das medidas adotadas no combate à pandemia.

Serviço:

Aulas - Os estudantes poderão acessar a programação entre 9h e 12h, de segunda a sexta-feira.

Sinal - O sinal da TV Justiça é aberto em Brasília e em São Paulo capital, mas também está disponível em todas as operadoras de TV por assinatura. Para consultar o canal, acesse o portal tvjustica.jus.br. Em seu canal aberto, a TV Justiça pode ser assistida no DF pelos canais 53.1 e 53.2 (Ponto Jus) e em São Paulo pelo canal 64.1.

A programação também pode ser vista no YouTube, nos canais da emissora e do STF, no link de transmissão "ao vivo", e no Twitter da TV Justiça.

Assista à reportagem da TV Justiça sobre o assunto:


Fonte: TV Justiça Oficial


Rodolpho Hoth Hoth

www.fatosverdades.com


34 visualizações

©2018 Rodolpho Hoth Hoth

LIGUE

(61) 98244-5800
 

© 2016 por Rodolfo Hoth. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now